Falta de semicondutores pode levar montadoras a perder US$ 100 bilhões

Leia também

As montadoras de veículos automotores respondem por 10% das compras globais de semicondutores e, segundo estudo da KPMG “Sobrevivendo à tempestade do silício”, caso não haja uma mudança em seus modelos de negócio, essas empresas devem seguir com problemas de abastecimento desses componentes. O relatório destaca que as montadoras devem perder até 80% do valor em vendas devido a essa escassez, traduzindo em números, a soma chega a US$ 100 bilhões. Alguns desses impactos já são sentidos por algumas empresas, muitas com redução no volume de produção e já com registro de queda de receitas.

“A pesquisa analisou por que a indústria automotiva é a mais atingida pela escassez de semicondutores e como as montadoras, e outros compradores de chips, podem se preparar para o futuro. A dependência de fornecedores de semicondutores só vai aumentar e decisões urgentes precisam ser tomadas”, afirma Ricardo Bacellar, Líder do setor de Industrial Markets e Automotivo da KPMG no Brasil.

A pesquisa chama atenção para a necessidade de maior planejamento por parte da indústria, substituindo a mentalidade just-in-time por uma previsão de suprimentos de longo prazo para componentes essenciais. Além disso, as montadoras e fornecedores de peças também precisam colaborar mais estreitamente com os fabricantes de semicondutores em todos os pontos do processo de projeto e produção.

Para a KPMG, assim como outros grandes clientes de chips, todos os fabricantes precisam reservar capacidade futura ou até ajudar a financiar fábricas de chips. As empresas automotivas, conforme recomenda o documento, precisam se adaptar rapidamente e, entre as principais mudanças que podem colocar as montadoras em uma melhor posição competitiva, estão:

Colaboração mais próxima: em vez de depender de fornecedores de Nível 1 ou do gerenciamento indireto da cadeia de suprimentos, as montadoras podem colaborar diretamente com os fabricantes de semicondutores. A colaboração pode assumir várias formas, como parcerias formais, roteiro (roadmap) estratégico periódico e sessões de previsão e sourcing direto. As montadoras precisam entender a dinâmica da cadeia de suprimentos de semicondutores e como ela difere de sua própria cadeia de suprimentos.

Considerar fazer investimentos diretos na capacidade de fabricação de chips: as montadoras podem desempenhar um papel ativo em assegurar que haja capacidade para os chips de que precisam, reservando capacidade, garantindo a demanda ou fazendo investimentos diretos para aumentar a capacidade. Algumas fundições já estão vendendo capacidade em vez de apenas pastilhas de silício.

Aperfeiçoar a tomada de decisão baseada em dados: conforme as cadeias de suprimentos se tornam mais complexas, a melhor escolha é pelo “planejamento cognitivo” que pode ser usado para configurar e integrar as atividades usando inteligência artificial.

Analisar o processo de seleção, projeto e fornecimento: no longo prazo, os fabricantes de automóveis podem evitar problemas de fornecimento ao reduzir a dependência de peças sob medida, usando peças padrão que podem ser modificadas ou atualizadas via software, por exemplo. A seleção de hardware que funcione com software de código aberto pode ajudar a reduzir custos e garantir acesso a vários fornecedores. Esta abordagem está sendo utilizada por operadoras de redes móveis 5G para evitar hardware proprietário caro.

Otimizar a cadeia de suprimentos de semicondutores, uma possível mudança é a criação de equipes centralizadas dedicadas para supervisionar estas cadeias.

Segundo o estudo da KPMG, estas são algumas das maneiras pelas quais as montadoras podem minimizar o impacto da escassez periódica de abastecimento. Mas há ressalvas há alguns pontos, como colaboração direta com os fabricantes de chips, e contornar os fornecedores de peças de Nível 1, são iniciativas que aumentarão a tensão em alguns relacionamentos tradicionais.

No entanto, de acordo com a pesquisa da KPMG, isso é mais do que minimizar os danos da escassez de chips. Trata-se de competir no novo negócio automotivo, onde os componentes eletrônicos são tão importantes quanto os pistões ou peças fundidas. Os novos concorrentes entendem isso e estão investindo no projeto de chips e na gestão da cadeia de suprimentos de semicondutores como uma empresa de produtos eletrônicos de consumo.

- Publicidade -

Outras notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais recentes

Lo mejor Alternativas a Utilizar CityXGuide.com Para conocer en general Mujeres

En el caso de que regularmente dedique algún tiempo a CityXGuide.com comprando proveedores cumplir luego definitivamente debería ver el película. Este video...

The simple truth is Shag.co.uk Is Not A Legit As It Seems To Be

Site Details: Table Of Contents Review Contained in this analysis we'll digest all reasons why Shag.co.uk actually genuine. Whenever we say one thing actually real we...

Willow recensione – cosa fare esattamente sappiamo tutti su qualcuno di esso?

Incontri programmi diventati standard nel nostro tutti i giorni vite fisiche. Adesso, have many online dating programs disponibile per la vendita per...

6 質問がディスカッションをスパークさせる最初の日付

最も重要 日付 懸念 傾向がある 絶対に 要求が厳しい! それでも 難しい 十分 準備 一緒に夜を過ごすしかし考える 何をする 話す たくさん 検討する。 それはあなたです 可能性 確認する この人 良い 素晴らしい方法である可能性があります。 あなたは...

LatinoMeetup Évaluation 2021

C'est bien connu que les Latino females et men serait le les personnes les plus chaudes les gens de globalement, et est...